FMUSP - NTI FMUSP - NTI

Grapal - FMUSP

Equipe

Fundador
Prof. Dr. Paulo Vaz Arruda (in memoriam)

Supervisão
Prof. Dr. Francisco Lotufo Neto

Coordenação
Dr. Eduardo de Castro Humes

Psiquiatras
Dr. Guilherme Spadini dos Santos
Dra. Márcia Morikawa

Psicólogos

Secretária
Maria Giselia Pinto

Eduardo de Castro Humes

Eduardo Humes (http://lattes.cnpq.br/7527917248447072)
Entrou na FMUSP em 1997 e, após a faculdade, fez residência de psiquiatria geral no IPq e foi preceptor do internato em 2005. No final da preceptoria, passou num concurso do HU, quando supervisionou os internos, no Ambulatório Geral Didático. Através deste contato, diversas pessoas passaram a procurá-lo para tratamento, dúvidas e trocas de experiências enriquecedoras. Despertou, então, seu interesse em estudar o impacto de transtornos mentais em médicos e estudantes de medicina, tema de seu doutorado.

No HU, além do contato com os alunos e residentes, em 2013, passou a organizar o Ambulatório Geral de Psiquiatria, com melhoria importante dos indicadores do serviço, incluindo a redução no tempo para agendamento de primeira consulta e taxa de ocupação das agendas. A partir destas experiências, foi convidado para auxiliar na reorganização do GRAPAL.

Guilherme Spadini dos Santos

Guilherme Spadini
Entrou na FMUSP em 1994 e nunca mais saiu. Após concluir a faculdade, fez residência no IPq e, até ingressar no GRAPAL, dava aulas na Psicologia Médica e supervisionava residentes no ambulatório geral do IPq. Abriu mão disso para trabalhar com a assistência aos alunos.
Fez mestrado no Departamento de Psiquiatra, concluído em 2007. Além do atendimento psiquiátrico clínico, tem formação em psicodrama. Psiquiatra e psicoterapeuta, tem experiência em diversas áreas na psiquiatria: UBS, CAPS, Psiquiatria Infantil e Forense.

Márcia Morikawa

Márcia Morikawa (http://lattes.cnpq.br/3865136060136493)
Ingressou na FMUSP em 1999, decidiu fazer psiquiatria durante o internato, mesmo tendo passado por um estágio sofrível. Fez residência de psiquiatria geral e apaixonou-se pela psiquiatria da Infância e Adolescência, durante o R1.

Trabalhou em pronto-socorro de psiquiatria, unidade de internação, CAPS, interconsultas e ambulatórios. Foi médica assistente no HU, onde supervisionava internos e residentes. Já atuou em hospitais como Mandaqui, Instituto do Câncer, Albert Einstein e no consultório particular.

Maria Giselia Pinto

Maria Giselia
Entrou na FMUSP, em 2015, inicialmente trabalhando no NEADH, foi transferida em definitivo para o GRAPAL em julho de 2016. Tem uma boa relação com as equipes e os alunos, e está disponível das 9h às 18h, exceto em seu merecido horário de almoço. Quando ela estiver fora, geralmente, a porta do GRAPAL segue aberta e ela já volta.