CEDEM

Sábado, 27 de Maio de 2017

 

NÚCLEO DE AVALIAÇÃO

Avaliação do processo educacional

Unidade Curricular “Avaliação Extensiva e Formativa em Medicina”

Aprendizagem deve resultar em ação que diferencia quem detém de quem não detém conhecimento (diferença…) Se há uma diferença, há um meio de mensurá-la.

As avaliações (provas) devem evitar oferecer respostas que utilizam: Reconhecimento, Memória, Associações pouco importantes. De modo geral, provas que utilizam múltiplas escolhas (testes) são mais complexas na elaboração. Provas escritas ou tipo ensaio podem ser menos complexas na elaboração, mas as correções estão mais sujeitas à subjetividade dos corretores.

A psicometria de provas obtém dois índices básicos: de dificuldade e de discriminação. Itens, ou questões, muito fáceis ou muito difíceis não tem poder de discriminar “quem sabe de quem não sabe”. A confiabilidade de provas está relacionada ao número de questões, idealmente não inferior a 80.

As avaliações periódicas no curso de medicina da FMUSP são realizadas por meio de provas semestrais, relativas ao conteúdo desenvolvido no período. Utilizam-se 80 itens para obtenção de resultados e 20 itens para validação. As provas fornecem aos estudantes e à FMUSP um retorno do aproveitamento no semestre (segundo os critérios da avaliação utilizada), constituindo-se, portanto, em modelo de avaliação formativa – ou seja, não somente para graduação, mas também para auto-avaliação.

Os critérios de aprovação e recuperação na Unidade Curricular “Avaliação Extensiva e Formativa em Medicina” seguem as normas da Universidade de São Paulo. A frequência é determinada pelo comparecimento no momento da avaliação. A nota é determinada pelo próprio desempenho na avaliação.

 

 

 

 

CEDEM

Programa Tutores MED Programa Tutores FISIO Programa Tutores FISIO


Centro de Desenvolvimento de Educação Médica "Eduardo Marcondes"
Av. Dr. Arnaldo, 455 - 2º andar sala 2354 - São Paulo - SP - tel: 3061.7472 - tel/fax: 3082.4076